sábado, 31 de dezembro de 2011

Happy New Year !!


   
       Minhas amoras, FELIZ ANO NOVO!! 
 Muita paz, felicidade, dinheiro e amor. Que nesse novo ano de 2012 seja uma nova fase, a fase de mudar e evoluir. Que vocês curtam muuuuuito hoje e que tenham a melhor virada do Ano de suas vidas!
   E claro, que não aconteçam com vocês o que aconteceu comigo, meninas dá pra acreditar que em uma única noite aconteçeu tanta coisa comigo? Olhem o que aconteceu.. foi engraçado kkkkk' 
  - Eu tinha ido a praia, eu minha irmã, meus pais e mais um amigo. Chegamos na praia, ficamos um tempo curtindo a musica que tocava alta até o idiota do meu namorado ligar pro telefone da minha mãe, dizendo que já estava chegando na praia. Eu, como uma ótima namorada fui espera-lo no lugar marcado, no meio da multidão. Quando dei de mim, eu estava do outro lado da praia, não achei meu namorado e depois meus pais.  Claro que eu entrei em pânico, aquilo lá estava uma loucura, LOTADO. Já chovia quando eu encontrei meus pais, nós procuramos o carro mais eles não estavam mais sóbrios, então não podiam dirijir :/ O unico jeito foi pegar o onibus, só pegamos o errado culpa do meu querido papai, depois de saber que era o errado o onibus parou, esperamos mais 30 min pra um novo onibus, e como uma Lovatic obsessiva, começamos a ouvir Unbroken no telefone da minha mãe.. Resultado: o motorista que estava atoa mandou desligar. :$ 

Quando conseguimos outro onibus, meu namorado estava descendo dele, claro que eu não o chamei, eu estava horrivel minha maquiagem já estava derretida! Depois disso, finalmente chegamos em casa!!! 

Viram? Foi muito ruim, não desejo isso a vocês meninas. kkkkkkk' Mais foi engraçado eu procurando meus pais kkkkkkkkkkkkkkk' agora eu fico rindo, mais lá, na hora eu chorei hohoho' 
    Enfim, agora são exatas 23:46 faltam 14 minutos pro Ano Novo e que vocês sejam muito felizes meus amores.. eu amo muuuuuito vocês *-----* 

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Chapter Two - Provocações..


(...)


Joseph: ei ei, respira!  Muito nervosinha não acha Demi? - riu mais e ela se virou pra sair, mais ele segurou seu braço fazendo-a voltar no mesmo instante - Demi.. espera !

Demetria: o que foi dessa vez heim Joseph ? - sussurrou ela, obedecendo seu corpo voltando para traz. Tudo o que ela menos queria era estar ali ainda mais junto de Joseph, ela se perguntava no que ele via nela, o que ela fizera para ele simplesmente adorar incomoda-la seja a hora e ocasião que for . - Enlouqueceu é?  Me solte seu bruto - Demi ordenou tentando se soltar, impossibilitada pelos braços de Joseph que giraram sua cintura a agarrando com toda força. Uma tentação para Demetria.

  Acontece que, talvez Demi possa gostar de Joseph.. até mais do que deveria. Mais talvez seu 'medo' não permite que ela se entregue a ele e se deixe levar por seu amor.. seria isso um exagero da parte dela ? Não, ela tem medo de se apegar demais. O falecimento de seus pais ensinara isso claramente a ela, tanto, que até hoje ela sofre por saudades sofre tanto que ela não se permite se apegar demais as pessoas.. o que é um erro já que isso é uma tarefa de seu coração se apegar ou não, se apaixonar ou não. Inevitável..

Joseph: não sem antes.. receber meu beijo de boa noite - ele fez um fofo biquinho, Demi rosnou de raiva.

Demetria: espere ai, será que eu entendi bem.. você quer um - ela esgasgou, rindo - um.. beijo meu ? - ela riu mais - nunca !

Joseph: será mesmo.. não tem nem vontade de me beijar Demi? - sussurrou rouco, ao pé de seu ouvido ela se arrepiou pedindo para que seu corpo não desfalecesse nos braços dele.

Demetria: Joseph, solte-me agora! - ordenou, com uma voz fraca - eu te odeio!

Joseph: eu sei que não.. você não me odeia Demi - disse ele, puxando-a pra si. Na verdade ele a encostou na parede, ela estava.. fora de si - então Demi, o que tem a me dizer ? - murmurou novamente em seu ouvindo.. ela estava quase cedendo, quase. Ele já aproximava seu rosto do dela, que mantinha seus olhos fechados não tinham mais nenhum espaço entre seus corpos um beijo iria começar se Demi no mesmo momento não saisse de seu 'transe' e tivera a rápida reação de empurra-lo antes que algo acontecesse.

Demetria: suponho que se quizer ter filhos futuramente, solte-me agora mesmo - ameaçou balançando-se e com facilidade foi solta pelos braços bronseados de Joseph.

Joseph: tudo bem Demi, sei que deseja isso tanto quando eu - respondeu a Demi calmamente, deixando-a sair ainda sim em sua frente.

Demetria: sabe Joseph? Sabe mesmo? - irônizou enquanto ria fraco - você me faz rir..

Joseph: está perdendo tempo Demi, um dia vou desistir de você - Joe disse.

 Suspirando fundo e sem responder, ela empurrou Joseph de sua frente, saindo dali e entrando em seu apartamento, com seus pensamentos estavam lá junto dele e no que QUASE fez.. 

(...)

   Sem que nenhum dos dois pudessem ver a hora, já eram 6 da manhã. Tanto Demetria quanto Joseph teriam de trabalhar, para quem não gostava de ser expulso da cama bem cedo uma pena ainda eram terça-feira. Demi se sentia cansada e com um sono incomum, culpa de Joseph ela estar assim. Mais já que teria de levantar, ela foi direto ao banheiro e como todas as manhãs, Demi, preparou seu café antes de tomar banho.    Se apressou mais após o banho, colocando sua roupa que mais a encantara para usar hoje. Era um clássico vestido azul-marinho que não era nem tão longo nem muito curto, acompanhado em seu pescoço um lindo colar com pequenas perolás brancas. Ela já tinha em seus pés o típico salto preto uma bolsa de mesma cor em um de seus braços.

  Ele como se já pudesse prever que ela saia, a encontrou no corredor. Ela vez uma cara divertida ao vê-lo e ele sorriu torto, Demetria podia jurar que sentiu um forte arrepio lhe percorer a espinha. Os olhos Joseph estavam vidrados em Demetria especialmente em suas pernas a mostra pelo vestido em que usava..

Demetria: quanto mais eu rezo, mais assombração me aparece ! - ela murmurou quando viu o olhar dele pousado nela, completamente inconveniênte.

Joseph: bom dia pra você também, meu amor - disse em resposta a Demetria, curvando-se para lhe dar um beijo deviado pela mesma ainda de costas.

Demetria: não encoste em mim - adivertiu ela, já dentro do elevador. Ela deu uma breve olhada em sua bolsa tomando as chaves do carro em mãos, logo em seguida tomando também seu celular.

Joseph: eu preferia você com aquele pijama, ficava muito mais..  - ela o interrompeu, batendo com a bolsa em seu peito fortemente, ele de imediato colocou a mão onde levou o golpe dado por Demetria logo em seguida fazendo uma carinha triste.

Demetria: ouse terminar essa frase.. - disse pausada, ameaçando-o enquanto o fuzilava com os olhos. -

Joseph: o que irá fazer? -disse, provocando-a.

Demetria: tá brincando com a sorte garoto.. - avisou balançando a cabeça negativamente.

 E antes que Joseph pudesse se manifestar, as portas do elevador se abriram. Demi suspirou fundo e saiu correndo o mais rapido que pode, não suportava ficar muito tempo no mesmo lugar que Joseph, como ela semore diz, é um sacrificio..

 (...)

Selena: Bom dia, Demi - disse vêndo-a entrar pela porta principal de sua agência. Selena continha uma voz alegre, para as 7 da manhã isso era uma grande coisa.

Demetria: Bom dia.. - ela disse com uma voz partida como se ao menos quisesse dizer, Selena revirou os olhos já sabia bem o motivo.

Selena: deixe-me adivinhar; encontrou Joseph hoje novamente.. - disse, enquanto ria fraco.

Demetria: porque ELE tinha que morar no mesmo lugar que eu ? Porque ele tinha que adorar me encher a paciência ? - lamentou enquando se sentava em um sofá logo ali na sala de Selena.

Selena: porque não admite logo que gosta dele - aquilo não foi uma pergunta, mais sim uma afirmação. Demi caiu em gargalhadas.

Demetria: sério mesmo Selena? - ela parou de rir, no mesmo e instante fitando-a.

Selena: Demi, amar alguém não é pecado ou castigo. Se gosta de Joseph porque não admite, se ainda é sobre a morte de seus pais você precisa superar.. Isso ficou pra traz e não é justo você ainda se sacrificar por isso. - ela disse, tentando encoraja-la. Demi balançava a cabeça como reprovação.

Demetria: eu não gosto de Joseph.. - ela disse e Selena logo a cortou..

Selena: ahh não! - ela disse divertida

Demetria: e vê se tira isso da sua cabeça - ela sorriu -

Selena: me prove que não Demi.. - ela advertiu, sorrindo ameaçadora Demi ergueu uma de suas sobranselhas para fita-la..

Demetria: é isso mesmo que quer ? - Demi perguntou, sorrindo de canto..

Continua..


     éer.. tá uma droga ><
Só comentem beeijos s2

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Divulgações

  Heey Meninas, dêem uma olhadinha nesses Blogs *----*

Jemi Eternamente
Amizade pode se transformar em Amor

   São ótimos, lêiam ; D

    Beijos da Clara ;*

Happy B-day Maddie!!


       
   Owwwnt hoje ainda é aniversário da Maddie *------* Omg Omg Omg !
            10 anos, uma fofa não acham meninas?

  Tá tarde, mais mesmo assim eu lembrei da nossa fofinha Maddie. Nossa ela cresceu tão rapidinho né, se lembram do episódio dela em Sonny With a Chace ?  Ela estava tão ... awwwn
      OMG OMG, eu ainda a vejo em Desperate Housewives ; D

   Não se esqueçam de dar um parabéns a ela meninas, ainda dá tempo kkkk' Não é meia noite ainda *o*

    Beijos da Clara ;*

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Love Can Happen, Chapter One - O Começo..


    
                               ... Eu odeio o seu sorriso, e seu jeito de falar

 Demetria andava pelos corredores marrons do condominio onde morava, e ainda tinha alguém atraz de si, que falava incansavelmente.. Demi não pensou em espera-la antes de abrir as portas de seu apartamento, bufando tediosa. Selena não se cansava de falar é ? Antes de entrar, Demi parou pra ver se estava tudo em ordem em seu apartamento, tudo por lá eram em tons clarinhos de rosa, amarelo e branco, tudo muito delicado. Os móveis tinham aparecia de novos e impecáveis, um sofá 'L' vinha logo de entrada acompanhada de uma mesa de centro com milhares de revistas em cima. Na parede, quadros e mais quadros milhões de fotos de seus pais ocupavam os porta-retratos se não os tinha ali, preferia guardar ao menos as fotos que tinha como lembrança. Uma grande estante com livros e CD's clássicos, num cantinho da sala tinha uma varanda com uma linda vista da cidade de New York. A noite aquela vista se tornava cada vez mais mágica e envolvente. O clima por ali é confortavel e aconchegante, Demetria ali se sentia protegida e segura quando as lembranças ruins não a invadiam..  'Maldita noite' ela pensa disso até hoje, ela sonha com isso até hoje.  Mais Demi nunca deixara que a morte dos pais tirasse sua alegria e apagasse seu sorriso estonteante. Ela era forte, pronta pro que der e vier.. bom, isso era o que todos pensavam e o que ela aparentava ser....

  Mais uma verdade ela não podia esconder para si mesma, se pudesse pararia com todas as brigas que tinha com Joseph. Ela não o odiava tanto assim como diz, eles já até tiveram conversas normais que não duraram muito. Mais claro que ela também não admitiria que gostava dele, ela não admitia nem pra si mesma.. Ela não gostava disso, e tinha um motivo bem válido. Mesmo que gostasse de Joseph, ela não admitiria. Não quer se apaixonar por ninguém, por isso prefere mante-lo longe com as brigas.. Mais até quando ?

 Assim foi a briga de minutos antes, do motivo mais besta eles trasformam em uma incrivel avalanshe, criando mais e mais motivos.  Selena não gostava nada de tudo isso, porque na maioria as vezes quem sempre tinha que acabar com a briga era ela.. com dificuldade mais era. Fora ela quem apartou a briga de pouco antes.. depois disso não parou de falar..


Demetria: não chega não é, Selena - disse ela, com uma voz inteiramente tediosa finalmente adentrando no apartamento e se sentando.

Selena: isso e inacreditável, será que vocês dois não vão parar é ? - ela disse tentando repreender a amiga, e por si nem ligava pro que ela falava - está me ouvindo Demi ?

Demetria: sim, eu estou te escutando ! - Demi disse da forma mais  doce e calma, que pode encontrar já que seu interior não estava nada calminho assim quanto sua aparencia mostrava.

Selena: qual será o dia em que você e Joseph vão se entender, heim ? - ela perguntou ainda vidrada na cena que viu anteriormente.

 Joseph e Demi brigando, como sempre. Por algum motivo esses dois brigam desde o dia em que Joseph se mudou para o apartamento da frente. O que é mais estranho é que, Demetria é amiga dos irmãos e da familia de Joseph. Todos a adoram e a acham um doce de pessoa, assim é ela acha todos pessoas maravilhosas do contrário de... Joseph.

Demetria: quando ele deixar de ser grosseiro, e se isso um dia vier acontecer eu espero não estar morando mais aqui - ela disse, com um tom debochado. Seu humor sempre muda quando o assunto é.. Joseph

Selena: Demi, assim você só dificulta as coisas! Porque não tenta ser amiga dele, assim como é dos irmãos e da mãe dele ? - ela questionou, o motivo de tanta insistencia é que ela patirculamente adora Joseph, ele consigo é um cavalheiro. E ainda é noiva de seu irmão Nicholas,  Mais Demetria é sempre a fonte de desentendimento.

Demetria: mais nem que me paguem eu viro amiga daquele... daquele.. - ela não conseguiu terminar a frase. Não conseguiria nem se quisesse. - E de fato, você quer que eu vire amiguinha do Joseph só porque é noiva do irmão dele, Nick - acusou a amiga, que se levantou rindo fraco.

Selena: ai Demi você é impossivel mesmo! - ela comentou revirando os olhos e arrumando sua bolsa no ombro. Quando viu a hora decidiu ir antes que ficasse tarde demais -  tenho que ir amiga, te vejo amanhã ?

Demetria: claro que sim, até amanhã Sel - ela disse enquanto andava até a porta, abrindo-a para que Selena saisse. Ela lhe deu um abraço e um beijo no rosto de despedida, e disse quando a amiga já estava quase saindo - amo você..

Selena: eu também.. - ela sorriu e Demi fechou a porta voltando ao centro da sala e arrumando algumas coisas que jogara ali minutos antes.

(...)

 Depois que Selena foi, Demi resolveu se deitar por mais que não tivesse feito muitas coisas esse dia ela estava cansada. Era sempre a essa hora, seu corpo quem pedia..  Mais agora deviam ser 2 ou 3 da madrugada, Demetria acordou furiosa.  Um barulho incrivelmente irritante martelava e vinha da parede e ia diretamente aos seus ouvidos. Seria o imprestável do Joseph mais uma vez ? - Demi pensou.

Demetria: é brincadeira né ? - ela resmungou, se levantando e o barulho continuava, cada vez mais alto. Demi não pensara em nada, apenas deixou seu apartamento indo direto a porta de Joseph. Descontando na porta, toda sua raiva.

Joseph: o que deseja a essa hora, madame ? - ele disse depois de abrir a porta,  com uma certa naturalidade que enfureceu ainda mais Demetria.

Demetria: Joseph será que você não vê que esse barulho está insuportável ? - ela disse rude. Ele ergueu uma das sobrancelhas, analizando cada expressão que o rosto pálido e sonolento de Demi fazia. Ainda estava linda - ele pensou.

Joseph: pelo visto, só você se incomodou.. - debochou, deixando que seus olhos vagassem por todo o corpo de Demi. Seus pensamentos ficaram obscenos ao vê-la naquele pijama cor-de-rosa super curto, Demi corou quando percebeu que seus olhos pousaram em um certo lugar.. - belo pijama, muito justo não acha ? - provocou rindo, escorando-se na porta por pouco não conseguia ver as faísas nos olhos de Demetria.

Demetria: você é insuportável, garoto ! - disse entre dentes. Ainda sim corando, Maldita vergonha!

Joseph: ownn, ela ficou com vergonha.. fofa  - provocou mais uma vez, Demi já estava vermelha de raiva.

Demetria: você é um idiota, estúpido, imprestável, grosseiro, irritante, mentiroso e galinha. Eu odeio você ! - ela atropelou as palavras enquanto dizia, Joseph continuava a analizando mais desta vez riu.

Joseph: ei ei, respira!  Muito nervosinha não acha Demi? - riu mais e ela se virou pra sair, mais ele segurou seu braço fazendo-a voltar no mesmo instante - Demi.. espera !

  Continua..

 Primeiro Capítulo.. espero que gostem na nova Fanfic, olhem a partir de agora sou movida a comentários okays ? Aproveitem que ela está no começo, dai podem dizer se está boa ou não... 

                Comentem : D

domingo, 25 de dezembro de 2011

Mini Fanfic - Especial de Natal



                Mini Fanfic - All I Want For Christmas Is You  2/2


                 "..Eu só te quero pra mim         
                                      ..Mais do que você pode imaginar!"  ♫♪

 Depois das compras tudo que fizeram foi voltarem para suas casas. Demi correu o mais rápido que pôde para seu quarto. A única imagem que vinha a sua cabeça era de Joe a olhando freneticamente. Não lhe saia da cabeça o modo como ele sorria torto, um sorriso perfeito. Ela não conseguiu ficar sem sorrir. Mal podia esperar que o dia  24/12 finalmente chegasse. O desejo de ver Joseph era maior que tudo agora.



        "..Porque eu só te quero aqui esta noite
                                     Segurando-me bem apertado.."  ♫♪


   No jantar, Demi ainda não tirava a imagem do sorriso perigosamente conquistador de Joseph da cabeça. A comida já estava fria no prato, sua mente viajava enquanto imaginava seu proximo encontro com ele.

- Filha... - Dianna disse quando percebeu que Demi mal tocara na comida, então resolveu puxar algum assunto e o único que vinhera a sua mente foi esse - o que você quer de natal?

 Totalmente distraida, Demi voltou ao ouvir a palavra natal.

- Hã? - volta a si

- O que quer de natal Demi. - disse novamente, olhando-a de forma suspeita

- Ah... Eu quero... - pensou no Joe, mas não poderia falar isso, riu da sua propria mente maluca - Um ursinho de pelucia.

- Só? Um ... urso ? - Dianna repetiu, estranhando o pedido da filha. Tinha 18 anos o máximo que ela devia pedir era um.. algo apropriado a sua idade..

- Uhum... - começa a comer e ri mais um pouco só de pensar na reação que sua mãe teria se ela falasse o que realmente queria..


 Semanas passaram, Demetria estava quase morrendo de tanta ansiedade. Ela queria vê-lo. Ela precisava vê-lo de qualquer forma e hoje, mais seria possivel. Finalmente o Natal chegou pra todos. Melhor do que nunca antes.. Ela se arrumou, ficando linda. Seu vestido prata e branco estava perfeitamente ao seu corpo, seus cabelos soltos com curtos cachos vinham de seus ombros as costas de forma impecável. Agora sim estava pronta pra receber em cada o seu tão esperado presente de Natal..

                  "..Papai noel, não vai me trazer      
                                      A única coisa que eu realmente preciso?.."  ♫♪


A campanhinha tocou, duas exatas vezes. O coração de Demetria bateu forte no peito, era ele. Ou melhor eram eles...

Ela resolveu respirar fundo antes de descer. Ela estava ansiosa e nervosa. Não conseguia controlar a sua vontade louca de descer.  Ouviu do seu quarto a voz do Paul e da Denise. Seu coração pulsava em uma velocidade imensa, escutou mais duas vozes masculinas desconhecidas. Até que escuta finalmente a voz dele... Ela quase desmaiou, mas respirou fundo mais uma vez e desceu as escada lentamente. Quando Joseph levantou os olhos em direção a ela, ele sentiu como se fosse ter um infarto! Ele respirou fundo acompanhando os passos dela até o final da escada. Ela primeiro controlou suas vontades e se apresentou aos outros.

 Demi andou mais andou mais um pouco, parando ao lado de seus país para olhar em volta da sala. Estava linda e decorada, as luzes brilhavam muito mais não tanto quando os olhos de seu Joe. Deus, ela estava ficando louca. Não era possivel que ela se apaixonar por alguém que mal conhece. Mais aconteceu, ela se apaixonou e teria que lidar com isso e tinha que admitir que tinha medo que ele não o correspondesse. Mais se isso fosse pelos olhos dele estava mais que claro. Ele gostava dela, ele queria ela, ele desejava ela.

Denise e Dianna estavam na cozinha e Demi esta ajudando as duas, mas desejando estar na sala com os homens, melhor, com aquele homem. Nem Joseph resistia pensar que a menina que ele queria tanto estava a alguns metros de distância. Eles estavam atados! Não podiam fazer nada, só resistir. Eles não falavam, só pensavam em como poderiam fica juntos esta noite..

 De tanto pensar e repensar Demi perdeu o ar, presisava respirar. Ela pediu licença e saiu da cozinha indo ao grande a jardim que estava cheio de luzes, a neve ainda caia mais bem fraco. Ela parou em baixo de uma árvore respirando fundo. Deus ela precisava dele agora mesmo, e como se lesse seus pensamentos alguém apareceu atraz dela, tapando seus olhos com cuidado. Suas mãos eram delicadas ao tocar nela e como se já soubesse quem era ela disse em forma de sussurro.

                  "..Porque eu só te quero aqui esta noite     
                                               Segurando-me bem apertado.."  ♫♪
- Joe ?

- Sou eu, Também precisa respirar é ? - ele disse rindo destapando seus olhos e ficando a sua frente, um de seus braços na árvore. Impedindo-a de sair. -

A respiração dela ficou pesada, só de sentir o perfume dele e o quão perto seus lábios estavam dos dele.

- É... – ri sem graça

- Você está linda hoje. – ele riu a olhando com os olhos fixos

- Obrigada, você também está lindo. – riu corando instantaneamente

    Ele riu quando viu ela ficar vermelha. Ela não aquentava mais, seu desejo era de beijar ele loucamente. Ele pensava o mesmo. Os dois ficaram alguns longos segundos olhando um para o outro. Até que Joseph não resistiu a perfeita menina que estava agora a menos de 50 cm dele. Envolveu um dos braços na cintura dela a puxando lentamente, fazendo com que os corpos deles ficassem perfeitamente grudados. Demi sentiu em seu rosto a respiração ofegante dele.

- Ei, me diz uma coisa - ele perguntou, sorrindo. Ali estava escuro, apenas as luzes que piscavam em cima da árvore clareavam. Ela não podia ver, mais podia sentir. 

- Sim, o que é ? - ela disse, curiosa querendo saber logo qual era sua pergunta -

- O que você quer de natal? – ele perguntou com um sorriso perfeito

- Quer mesmo saber ? - ela corou, seus pensamentos estavam pevertidos. Era contragedor dizer aquilo a ele, imagine você dizer a um garoto que mal conheçe que você quer ele como presente de Natal ? 

- Mais é claro! Até porque o meu presente só uma pessoa pode dar.. - ele sorriu, novamente perfeito. Seus olhos estavam vidrados nos lábios dela. Era quase impossivel conter a vontade de tomá-los em um beijo e saciar toda aquela sede dela que ele tinha .

- Tudo que eu quero de Natal é você. – respondeu a ele sem desviar o olhar dos olhos castanhos dele


 (All I Want For Christimas Is You)

 Juntos eles fecharam os olhos quando escutaram que todos já gritavam "Feliz Natal". Uma lágrima escorreu pelo rosto de Demetria, uma lágrima de felicidade!  Ambos tivera um leve choque ao sentir os lábios se tocando suavemente.  Ela deixou o caminho livre pra ele aprofundar o beijo. Agora sim, o desejo dos dois estavam mais que realizados. Ele a segurava firme, assim como ela desejava, ela a beijava com vontade assim como ele sonhou. Eles precisavam admitir  esse foi o presente de natal mais inexplicável que podiam receber..

            "..Eu não quero muito neste natal              
                                  Só tem uma coisa que eu quero.. você!"..  ♫♪



                                                                 The And..

   Meninas, espero que gostem desta Mini- Fanfic feita por mim e pela Andy McBros. Uma amiga. Me esforçei muito e a fiz com todo carinho! Se gostaram comentem, isso significa muito pra Andy e com toda certeza pra mim!!

                                    MERRY CHRISTMAS!

sábado, 24 de dezembro de 2011

Mini Fic - Especial de Natal

                            
 
          Mini Fanfic - All I Want For Christimas Is You, Parte 1/2


    Ela abriu os olhos e sorriu, finalmente o dia que mais esperava chegou. Ela mais que depressa caminhou até a janela vendo a Neve branca cair. Era Dezembro, finalmente o Natal estava proximo. Hoje  eram os preparaitos e logo estariam todos juntos envolta de uma mesa, sorrindo. Somente Deus sabia o quando ela amava essa data ver todos felizes outra vez, rever todos outra vez.

- Mãe! - grita olhando pra janela - Tá nevando!!

 Ela não mudou nada nesses anos todos, ainda continuava a mesma criança que os olhos brilhavam quando viam a neve e todas aquelas Luzes de Natal..

- Filha, isso eu já vi.. Vamos Demi, temos que comprar a arvore. - colocando a luva na mão
- Tá mãe! - ela se arrumou em tempo record -
Chegando na loja, o espirito de natal era visto com nitidez no rosto de cada um lá dentro.
- Essa aqui tá ótima. - ela disse animada apontando para uma arvore
- Claro, é ótima. Mas temos que diminuir 3 metros dela. - ri pra ela
Ah é... é muito grande... - desanima
- Filha, está desamimada ? - ela perguntou
- não, mãe.. Ei aqueles não são os Jonas ? - mudou o assunto apontando para um casal que estava logo ali a frente.
- está louca Demi, mais é claro que não ! - disse, para si seria impossivél. Denise e Paul sairam de Los Angeles fazia tempos, porque estariam ali novamente ? .
- são sim mãe , olha ! - insistiu apontando novamente ao casal
- Oh, é mesmo. - ela disse animada e logo gritou - Hey Denise, Paul !
- Dianna ? - Denise perguntou, não a reconhcendo a primeira vista - Dianna! Como vai ?
- bem Denise, e vocês ?
- ótimos, bastantes animados para o Natal. E essa mocinha é a Demi ?
- é sim... Não se lembra dela Denise ?
- Oh desculpa, foram tantos anos sem nos ver que acabei esquecendo. Afinal, não a vi mais . Nossa, mas ela continua com a mesma carinha.
Demi riu meio sem graça do modo meio infântil que Denise falou aquilo.
- Mas e os meninos? Cadê eles? - perguntoi Dianna
- Bom, o Kevin e o Nick estão em casa.  Já o Joe tá escolhendo as arvores por ai. - Paul respondeu

 A Demi ficou meio aéria na conversa, não se lembrava de nenhum deles. Acho que nem eles lembram da melhor amiga deles quando eram crianças. Ficamos conversando um pouco até que um garoto lindo, de pele corada, cabelos levemente bagunçados e de olhos incrivelmentes dourados e brilhantes se aproximou de seus pais, Nem percebendo a presença de Dianna e Demetria.

- Mãe, pai acho que essa aqui está perfeita ... Uê quem são essas ? - perguntou assim que viu que duas mulheres o fitava sorrindo alegremente
- são Dianna, uma velha amiga do seu pai e eu - disse Denise sorrindo enquanto explicava ao filho - e a outra é Demi, filha de Dianna.
- Ah, entendi. - ele disse - Iaê ? - comprimentou Demi, e Dianna
- Olá - mãe e filha responderam em coro.
- Ei, Denise.. Paul faz tempo que não nós vemos acho que temos assuntos pendentes! - disse Dianna
- Concordo! - Denise admitiu
- temos que nos ver muito em breve ! - Dianna disse, com uma certa urgência teria de admitir também, sentira muitas saudades de Denise ..
- Mãe, porque eles não passam o Natal lá em casa ? - sugeriu Demi, sua mãe apenas a fitou com um olhar surpreso mais que logo demonstrou o quão boa foi a proposta
- Otima ideia! - ela respondeu a filha com intusiasmo
- Eu também gostei... - Paul disse com um sorriso no rosto - Assim matariamos as saudades, e ainda lembariamos de quando eramos mais jovens.

 Demi não conseguia tirar os olhos do garoto, que retribuiu o olhar analisador dela com um sorriso. Um desejo incomum a inundou de uma forma arebatadora, tirando todos os seus sentidos. Quando ele esboçou essa reação, ela logo corou e riu timidamente. Os pais estavam tão animados que nem percebem o ar de romance que se criou envolta de seus filhos. Esse natal promete presentes que papai noel não teria capacidade de entregar em uma caixa com fita vermelha de baixo da arvore.

    " ..Eu não quero muito neste natal             
            Só tem uma coisa que eu quero.. " ♫♪ 

- Demi, por que você não vai procurar os enfeites da arvore junto com o Jor enquanto nos vamos achar uma arvore um pouco maior?

- Tudo bem mãe. - ela nem exitou em ter uma oportunidade de passar um tempo a sós com ele.. -

     " ..Papai noel não vai me fazer feliz                
              Com um brinquedo no dia do natal.."   ♫♪

   Eles andaram por praticamente toda a grande loja de artigos natalinos, porém estavam tão intrertidos no olhar um do outro que nem perceberam o que compravam. Provavelmente estava tudo errado. Joe estava completamente encantado com Demetria, apenas seu jeito já o deixa suspirando. Com toda certeza passaria esse Natal ao lado dela. Nenhum presente seria melhor que ela e era isso que ele mais desejava, Ela.

 Eles voltaram sem perceber o que levavam na mão, os olhos deles não se desviavam da direção do outro um segundo se quer.

 - Joseph, o que é isso ? Pode me explicar.. - Denise perguntou brava, olhando tudo o que ele trazia nas mãos

- coisas de natal, o que mais seria ? - ele disse, enquanto olhava Demi, se pudesse ficar mais envergonhada que aquilo seria impossivel!

- Está errado, como eu vou colocar isso na árvore ?  - ela pegou o objeto da mão de Joe, não tinha absolutamente nada a ver com o que pensou em decorar em sua árvore

- a culpa foi da Demi ! - disse a entregando, ela o olhou furiosa.

- Por que minha? - Demi perguntou

- Ah... por que... É... - gaguejou sem achar uma boa desculpa - Desculpa mãe... - desiste de tentar inventar uma desculpa

- E o que vamos fazer com isso? - Paul pergunta

- Ele vai devolver. Não vai Joseph? - ele tremia ao ouvir sua mãe o chamando de Joseph

- Sim mãe. - ele disse voltando sem graça

 Demi sorriu ao ver o que provocou em Joe, tinha tirado toda a atenção do pobre garoto, mas ele não era o unico que estava hipnotizado com a nova compainha. Ela também estava conectada a ele de modo rápidamente forte.  Tudo que ela queria pro Natal era o Joe, embalado pra presente.

  "Eu só te quero pra mim, mais do que você pode imaginar!              ..Faz com que o meu desejo se realize                             Tudo o que eu quero este natal é você!"  ♫♪

 Continua ;*

                          Por: Clara e Andy McBros s2 

Merry Christmas!!


   Feliz Natal..
         Merry Christmas.. 
                     Joyeux Noël..
                            Frohe Weihnachten..

Super Andiantado, mais tudo bem ><  mais um Natal né? Puxa, passou tão rápido.. Ainda me lembro do Natal do ano passado, pois é.. tudo tão... tão.. Mais enfim, aproveitem ao máximo este Natal, assistam 'O Expresso Polar' e fazam pedidos ao céu, abraçe quem vocês mais amam, e chorem se tiverem vontade e riam por nada.. Isso torna o Natal mais... inagualável!     Mesmo eu não gostando muito, eu desejo que cada uma de vocês tenham o melhor Natal, que ele seja assim como são nos filmes... mágico! Que recebam todos os presentes que mais desejem e não se esqueçam de mim ruuun u.u 

O meu presente pra vocês além de mim u.u É essa linda Mini-Fanfic que pra mim, bom, ficou bem fofinha. Fiz ela umas semanas antes com uma amiga, na verdade uma Super amiga. Andy McBros Something Changed, a história é Nemi e a mini-fanfic também, mais não deixem de ler no Blog dela também! 

  Ela está dividido em 2 partes, e vou postar o primeiro pedaço agora. Porque Talvez mais tarde eu não possa postar mais tudo bem? 

   Quero muuuitos Comentários, não se esqueçam da nova Fanfic ela está quase chegando : D 

                                   Beijos Beijos.. 
                                                               Merry Christmas!


quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Sinopse e Personagens de Love Can Happen

Sinopse..

- Os dois moravam no mesmo prédio, e trabalhavam por pouco no mesmo lugar se não tivesem profissões diferentes. Ela o odeia, ele a odeia.. e resumindo: se odiavam. Saira de tanto ódio um amor ? Disso nenhum dos dois imaginavam e nem imaginam. Mais.. o amor pode acontecer


Personagens..

 Principais..

 Demetria Devonne Lovato

 Demi, como é mais chamada tem 19 anos. Aos 9 perdeu os pais num terrivel acidente de carro, e desde dai foi criada apenas por empregados da casa de onde vivia com seus pais. Mais hoje, Demi é uma mulher, uma linda mulher de 18 anos que já é formada e trabalha como nunca escrevendo. Agora, o que mais a atormenta não é o fato de talvez amar loucamente o Homem que mais odeia? Joe Jonas um dia ainda a deixa completamente maluca !

 Joseph Adam Jonas

 Joe, tem 23 anos. E também já formado em Advocacia. Desde que se formou, decidiu que não moraria mais com os pais e já com essa decisão tomada Joe se mudou para um  grande apartamento num condominio de luxo, chamado De Lux (criatividade heim, sister kk') Lá Joe mora a quase 4 anos, na verdade nunca gostou de morar lá mais quando uma bela moça passou a morar no apartamento ao lado, sua vontade cresceu ainda mais..

 Secundários..

 Selena Marie Gomez

 Selena, tem 19 anos. É uma inseparável e fiel amiga de Demetria, tão inseparável que trabalha junto dela, porém Sel é presidente de uma grande Revista muito famosa por toda New York. Noiva de Nick, mora com ele desde então. Em breve se casará com Nick, seu grande amor com ele pretende ter uma linda familia.. mais antes terá que enxugar muitas lágrimas de alguém que lhe precisará muito..

 Nicholas Jerry Jonas

  Formado em administração, Nick, tem 19 anos. Irmão de Joseph e outros 2 da Familía Jonas, Nick é noivo de Selena. Tem uma grande impresa de imóveis, tal este quem o vendeu o apartamento onde moram Demi e a casa onde moram ele e sua noiva e em breve sua familía..

 Pessoa Misteriosa

 Ninguém o sabe quem é, mais ele (a) carrega uma grande culpa, uma culpa que lhe trará consequencias mais tarde. Conhece bem, Demetria bem até demais.. Apenas lhe deseja o bem e que a mesma seja feliz..
e se não for de seu jeito, não será do de mais NINGUÉM..

 Obs:. Ao longo dos capítulos, vão se descobrindo as carácteristicas, a vida, o passado e tudo oque aconteceu com os nossos Personagens..


  Well,
          Espero que gostem, curtam e se apaixonem porque... Love Can Happen s2

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Epílogo



    "...Se isso é amor, por favor não me machuque estou desistindo então apenas me tenha.."


       Não teve mais jeito, passaram-se 3 dias. Demi agia da forma mais normal que conseguia, deu certo. Ela não contara nada a Joe ainda, tinha medo. Quando chegou o tão indesejado dia, Demi  soluçou a choro. Foi um desespero.. Mesmo que não quizesse ela foi, Joe ficou arrasado mais ainda por ela não ter lhe dito nada, como ela pôde o excluir assim?

Joe: porque fez isso comigo, Demi ? - perguntou com a voz falha, sim ele queria chorar -
Demi: Joe me desculpa, eu não queria e... - ela mesma se interrompeu - eu não conseguiria e.. Joe, eu te amo!
Joe: ama ? - duvidou - Demi, você vai embora e ao menos sabe quando volta.. você vai me deixar.
Demi: pensa que é fácil pra mim ? - ela disse com a voz mais alta - Pensa que eu queria ir e te deixar ? Deixar meus filhos.. Joe como você pode duvidar do meupra
Joe: Não levante a voz - ele disse no mesmo tom que ela -
Demi: NÃO GRITA COMIGO - ela disse com a voz chorosa e a porta se abriu, era Ashley Tisdale e Selena -
Selena: er.. Demi temos que ir agora - ela disse sem jeito, coçando a cabeça -
Ashley Tisdale: Shane quer você, Dem - ela mudou o assunto quebrando o clima tenso que ficou ali -

 Demi fitava Joe, o mesmo também era feito por ele. Ela queria chorar, ele queria gritar e a empedir de ir.. Demi lhe virou as costas, pegando sua bolsa e sua mala, antes de sair ela ouviu a seguinte frase que a congelou..

Joe: se subir naquele avião.. acabou - ela parou no mesmo intante ao ouvir, lagrimas correram pelo seu rosto. Ela não podia parar, o que estava feito.. estava feito. Ela ignorou e continuou andando, logo chegando ao segundo andar com o rosto completamente inundado.

Tiffany: Deus, Demi o que aconteceu ? - ela perguntou surpresa com o estado de sua amiga, que não tinha alguma expressão no rosto. Somente as lágrimas caiam, marcando nenhuma expressão -
Demi: vamos acabar com isso logo, já chega! - ela disse, saindo pela porta as pressas -

(...)

Demi: claro que eu vou sentir saudades, eu volto logo. A mamãe promete - afirmou, tentando acalmar os filhos que choravam loucamente. Já tinham anúnciado seu vôo.. ela tinha que ir -
Shane: não vai mamãe, por favor.. - gemeu choroso, e não adiantou. Ela deu um beijo rápido em sua testa de despedida o mesmo ela fez com Mithie, que dormia nos braços de Selena com o rostinho tão corado -
Demi: desculpa filho.. - ela pediu, já saindo correndo. Não gostava de ver seus filhos assim... e Joe ao menos apareceu, ao menos um beijo de despedida -

  Narradora Off - Joe On

 Estava em casa, uma chuva enjoada caia. Eu não tive coragem de ir ao aeroporto, não conseguiria vê-la ir, eu não podia deixar o amor da minha vida ir.. Eu não podia a perder, não outra vez.. Isso se repetiu em minha cabeça, num pulo eu me levantei da cama, procurando as chaves. Eu teria de correr, se ainda quizesse alcançar o amor da minha vida..

 (...)
 
                                     Narradora On

Tiffany: tarde demais.. lamento - ela disse, num tom cuidadoso. O avião em que provavelmente Demi estaria, acabara de decolar -
Joe: não acredito.. - ele disse vendo o avião com destino ao Brasil ir cada vez mais longe.. -
Mithie: mamãe.. - disse manhosa, encostando as mãos no grande vidro. As lágrimas já vinhamno rostinho da pequena -
Selena: acho melhor irmos pra casa, não é ? - mudou o assunto, despertando todos do transe de silêncio -
Nick: também acho, vamos crianças - ele as puxou de perto do vidro, tomando as no colo, antes que começasse a andar disse - não vem conosco Joe ?

 Ele não lhe respondeu, apenas continuou olhando da janela. O avião já tinha sumido de sua visão há tempos. Joe se sentou, colocando as mãos no rosto tapando-o deixando  que as lágrimas o possuisem.. ela tinha ido, e Deus lá se sabe quando voltaria..

... : Joe? - uma voz o chamou, com uma voz fraca. Assim que ele levantou o rosto não acreditava que era ela mesma ali.. era real ou apenas sua imaginação lhe pregando uma peça? -
Joe: Demi, o que faz aqui ? - ele perguntou, desacreditando -
Demi: não consegui ir... não podia acabar assim - ela disse, chegando mais perto largando tudo ao chão - me abraça ?- pediu e o mesmo foi feito por Joe, ele a abraçou e quando ia separar sentiu uma boca envolvendo a sua em um beijo - te amo
Joe: eu também - e ele a beijou outra vez, com mais amor do que nunca -

 E dali então começou uma nova fase da  vida de Joseph e Demetria, o amor deles estava mais forte agora podia-se dizer que ele suportaria tudo.. até uma nova despedida.  E os dias se passaram, Miley ligou dando uma incrivel noticia: ela estava grávida, Finalmente sua Hanna estava chegando.. No mesmo mês, Nick pediu Selena em casamento, e como tradição logo vieram os filhos 2 lindas meninas não gêmeas mais idênticas aos pais. Por fim vieram Joe Demi, o casamento demorou porém foi uma das coisas mais lindas. Anos depois do casamento, veio o terceiro filho, uma nova Lovato Jonas. Louize Lovato Jonas outra bonequinha de Demetria e Joseph..

 Mais tirando tudo isso, também houveram obstáculos na verdade muitos. Mais nunca ninguém ali desistiu, eles foram apenas um mero detalhe.  O amor entre eles sempre foi o que prevaleceu, não importava o que acontecesse eles continuaram juntos e no fim aconteceu o que todos esperavam.. Eles viveram felizes para sempre, bom, não pra sempre mais enquando estavam vivos nenhum deles se desgrudaram mais..

  E assim foi o fim de mais um capítulo da vida de algumas pessoas que na verdade pra outras acabaram de começar...

        The And : /

  Meus nenéns, espero que tenham gostado! Eu amei escrever essa Fanfic e resolvi postar  logo o Epílogo pra depois do Natal postar a Love Can Happen ok ?   Eu iria postar os personagens agora mais como são 03:13 da manhã, achei melhor não kkk' Amanhã tem mais post's fiquem de olho ...

    Beeeijos da Clarinha s2

2 º Temporada, Capítulo 56 - Ultimo Capítulo




Selena: Nós conseguimos, abrir a empresa no Brasil e em mais dois países Demi ! - ela disse rápido e emblolado. Quase não entendi - A The Glitter já chegou no Brasil, Itália e França ! - agora sim eu tinha entendido, no mesmo intante eu começei a pular e comemorar -
Demi: Meu Deus! Não posso acreditar, nossa. Demorou mais finalmente aconteceu ! - eu comemorei, abraçando forte a Selena. Ela riu alto comigo e logo escutamos risos vindos de fora da sala, e logo a porta foi aberta -
Tiffany: Uau, pra que tantos gritos heim meninas ? - ela disse, se aproximando de nós. Ashley veio logo atrás dela e pra minha surpresa Vanessa e Emily -
Selena: vocês não vão acreditar !  - ela gritou, elétrica fazendo suspense -
Ashley Tisdale: diz logo Marie, já estou quase desistindo de saber. - ela disse .
Selena: fala ai Demi, acho que vou ter um infarte aqui! - ela fez drama se jogando na cadeira. Tiffany nem Ashley disseram nada, esperavam que eu disse-se logo -
Demi: ok. Nossa empresa chegou ao Brasil, aaaaaah ! - eu disse pulando e elas me acompanharam com gritos -
Tiffany/Ashley: aaaaaaaaaaaaaaaaaah ! - elas gritaram enquanto deram em mim e Selena um abraço em grupo. Eu não devia estar mais feliz -
Demi: Isso é um sonho? - eu perguntei, brisando. Aquilo era bom demais, a The Glitter espalhada por mais 3 países ? Eu precisava contar a Joe aposto que ele ficaria tão feliz quanto eu -
Vanessa: e vai contar ao Joseph ? - ela disse com uma certa dúvida no nome "Joseph" -
Demi: mais é claro, ele vai ficar muito feliz. Tanto quanto eu !
Ashley Tisdale: nossa isso vai ser... incrivel ! Mais agora, digam-me uma coisa como vão inalgurar a empresa ? Mesmo que sejam lojas, presisam que vocês supervisione por um tempo até que ela esteja propria pra ser aberta não é ? - Ash disse, inocente. Eu e Selena nos entre olhamos -
Selena: hã? Não entendi o que disse Ash exp.. - eu a cortei, antes que terminasse -
Demi: Selena, como vamos abrir a loja ? - eu perguntei, esperando que ela matasse a charada -
Selena: ora, com a chave e porta! - ela disse obvia, eu tive vontade de soca-la. Mais disse outra vez -
Demi: oficialmente..?
Selena: uma de nós teria de ir lá, e.. e.. Meu Deus !
Demi: Finalmente, né Selena !
Ashley Tisdale: ei ei, expliquem isso direito. Não entendi nada ! - ela reclamou, Ora ela era bem estranha não? -
Demi: uma de nós terá de ir pro Brasil, administrar a loja por alguns dias lá já que é semi-aberta - eu expliquei devagar, esperando que ela processase tudo -
Tiffany: tá, mais quem de vocês duas vão ? A Miley acabou de ir pra Lua-de-Mel, ela não pode !
Ashley Tisdale: são só você e Selena agora Demi !
Demi: você vai Selena! - eu disse, imediatamente -
Selena: O que ? Porque eu ? - ela rebateu, alterada. Sabia que reagiria assim -
Demi: eu tenho o Joe, Mitchie e Shane não posso deixa-los assim !  - eu argumentei, e ela revirou os olhos -
Selena: e eu tenho o Nick.. Não posso deixa-lo Demi, vá você!
Demi: e vou deixar meus filhos ? Nunca ! - gritei, nunca deixaria as crianças. Nem se precisasse -
Ashley Tisdale: ei, meninas foi pra isso que abriram uma marca de roupas ? Para no fim, jogarem a responsábilidade uma a outra ?  - ela nos repreendeu, e eu abaixei a cabeça. O mesmo feito também por Selena - vocês precisam agir juntas agora. Com ou sem Miley !
Selena: você precisa ir, Demi. Esse sempre foi o teu sonho, eu entrei nessa por você!
Demi: mais.. e o Joe ? Mitchie e Shane, não é justo ! - eu gemi, sentindo uma dor me invadir -
Tiffany: o mundo é injusto, Demi - ela sorriu pra mim, com um sorriso de Desculpas -

 Sim, eu devia ir. Mais eu não queria. Tudo bem que sempre foi um grante sonho ter minhas lojas de roupas espalhadas pelo mundo e esse sonho estava finalmente se realizando, mais eu já estava ficando confusa. Já aconteceram coisas ruins demais, quando eu finalmente pensei que seria feliz com Joe e ficaria em paz essa maldita viajem vem e estraga tudo.. Como vou dizer a Joe que eu terei de viajar e não sabia quanto tempo ficaria fora ? Ele com toda certeza do mundo não deixaria, o conheço muito bem para ter essa certeza, e eu também não o deixaria.. nunca seria capaz disso!

 Não consegui mais ficar ali, naquela sala. Uma dor tomou conta de mim, eu de lá eu sai pegando o caminho da minha sala. Eu tranquei a porta e escostei minha costas na mesma deixando que meu corpo escorregasse até o chão. O que eu faria agora ?


Continua ;*

 Amanhã, ou ainda hoje de madrugada eu posto o Epílogo e depois vamos ver como fica a postagem na nova Fanfic Love Can Happen : D 
               Comentem bebês... beeijos da Clarinha

2º Temporada, Capítulo 55 - Penúltimo Capítulo

   


   Ela seguiu até o closet, e em seguida até o banheiro. Lá tomando banho, e saiu de lá vestindo um short's jeans, uma blusa azul com um grande colete preto que vinha até a altura da barra dos short's. Resumindo ela estava linda. Por sorte quando voltou ao quarto Joseph já não estava lá. Ela desceu até o andar de baixo, e olhem eles já estavam lá. Todos e Joe já estava arrumado.. bem rápido

Narradora Off - Demi On

Demi: Bom dia, crianças - eu disse, abraçando-as e beijando-as e em seguida beijando Joe - já tomaram café? Estão atrazadas para escola - eu conclui quando olhei o relógio, e eles marcavam 7:23 elas deviam estar na escola as 6:50 -
Shane: não estariamos atrazados se a Mitchie não amasse o seu reflexo, mamãe - ele disse, colocando a mochila em suas costas eu cheguei mais perto dele e bagunçei seu cabelo - Mamãe !
Demi: melhor assim - eu ri -
Mitchie: se ele não se ama o problema é dele né, mãe - minha filha disse, caminhando para fora de casa assim como Shane -

Rindo nós entramos no carro e seguimos até a escola, dos meus pequenos não tão pequenos assim. Eles discutiram até chegar a escola , nos deram beijos e abraços e em seguida pularam do carro indo em direção ao grupinho de coleguinhas. Pouco depois fomos até a agência, e nossa. Fazia um tempinho que eu não entrava lá provavelmente hoje eu teria muito trabalho a fazer. Me despedi de Joe, dando um beijo em sua boca o que pra mim foi suficiente para agora. Mais não pra ele..

Demi: Que sorte os vidros serem escuros heim, Joe ! - eu disse arrumando meu cabelo no espelho, Joe o bagunçara completo -
Joe: eu nem ligo. Você é minha namorada e futura esposa, posso fazer o que eu quizer com você - ele garantiu a mim, dando um sorriso perfeito de lado eu suspirei e tomei impulso saindo do carro, Joe iria protestar mais eu sai, antes que ele pudesse dizer ou fazer algo.Já do lado de fora eu disse um  "até mais tarde" e lhe mandei um beijo e claro sem pensar muito, ele partiu com o carro e eu entrei no prédio - 

  Logo que entrei, um grupo de pessoas me cercaram. Pessoas que já conhecia bem, eram secretários e outros. Todos com papeis e pastas que eu devia ver, tecidos que eu devia testar e modelos que eu devia contratar. Confesso que olhando tudo aquilo que me esperava me batia uma imensa vontade de jogar todos aqueles papeis para o alto. Ainda mais agora que ficaria sem Miley por quase um mês completo! Deus, será que não vou enlouquecer até lá?
    Eu já um pouco irritada, peguei todos os papeis e os levei até minha sala. Coloquei-os em cima da mesa e sai de lá, andando pelos corredores cor-de-rosa da empresa. Fui até a sala da Selena e quando cheguei ela falava ao telefone..

Demi: Selena na minha sa.. - fui interrompida antes mesmo de terminar, era Selena eufórica de felicidade -
Selena: Conseguimos Demi, nós conseguimos! - ela comemorou, sorrindo me agarrando. Eu não entendi nada, do que ela falava? -
Demi: do que está falando, Selena? - eu perguntei, era um convite para que ela me explicasse direito isso -

Continua ;*

  Penultimo Capítulo, leiam e comentem já já começa a fanfic Love Can Happen : D

sábado, 17 de dezembro de 2011

Feliz Quaziggyziggyzam !

 Hey, meninas. Olha eu aqui denovo kkk' Apenas algumas pessoas sabem que dia é hoje. Então, você sabe ?  - Se não, eu tenho uma dica..

   * Um feriado mundial, que une todos os fãn de Jonas..

  Já descobriu ? Aê, pois é Feliz Quaziggyziggyzam !

 * O quê, onde e o que fazer nesse dia ?

Qualquer Lugar é válido para comemorar o Quaziggyziggyzam. No quarto, na sala, na rua, na praça, no shopping; Tudo é válido nesse dia, desde que você se divirta.

 Também vale tudo pra se divertir. Então, aqui vai umas dicas pra você aproveitar esse feriado mega especial ..

- Faça um cartaz: "buzine pelos Jonas" e saia na rua.
- Mude seu vocabulário, invente ou até pegue alguma palavra relacionada aos Jonas, mesmo que não façam sentido.
- Coloque música dos Jonas pra tocar o mais alto que conseguir.
- Acorde bem cedo e saia gritando "Feliz Quaziggyziggyzam" por toda a casa

- Diga para todos que seu nome é Enrique.
- Seguindo o conselho a cima, vá até o Starbucks e quando perguntarem seu nome diga que é Enrique.
- Compre um hipopótamo e o batize de Jonas.
- Pegue a “guitarra de estimação” do seu irmão tente tocar guitarra. (Se você aprender, aprenda a rodar com ela!)
- Faça a Nick Jonas dance, a Kevin Jonas dance e a Joe Jonas dance.
- Coloque roupas coloridas, chame seus amigos e grave um vídeo estilo Bouce.
- Jogue futebol com uma sósia do Neymar.
- Coloque um bigode e faça um rap.
- Saia desejando “Feliz Quaziggyziggyzam” para todos que encontrar na rua.
- Pule no seu quarto ouvindo rock.
- Tente ensinar sua vô a falar “Quaziggyziggyzam”.
- Seu amigo quer um conselho? “even if you’re at the top, live like
you’re at the bottom.” ou “live the dream baby”. mesmo que pra ele não
faça sentido.
- Coloque um vestido vermelho e um salto alto e saia cantando Burnin Up por aí.

      E o principal ESCUTE E CANTE MUITOOOO JONAS!



 Hoje, 17 de dezembro, é o Quaziggyziggyzam: um “feriado” criado pelo Joe, com a finalidade de que todos os fãs se divirtam fazendo coisas que lembrem os Jonas. Esse é um “feriado” mundial, onde há a participação de fãs de todo mundo. E por isso não deixem de postar #Quaziggyziggyzam no twitter durante o dia todo!

 Divirtam-se hoje !



                 

Avisos..+ Divulgação

 Babys, então quero dar 3 avisinhos super básicos. Bom como já sabem, eu vou postar a nova fanfic que vocês escolheram aqui. A vencedora foi a 'Love Can Happen' que eu devo começar a postar um pouquinho depois do Natal, já que nos dois dias de Natal 24 e 25 vai ter uma mini fanfic chamada 'All I Want For Christmas Is You' - (Tudo que eu quero de Natal é você). E bom, essa atual fanfic vai acabar no capítulo 60 (se eu não ficar com preguiça e terminar até antes disso).. I'm sorry babys, mais eu já não suporto mais postar essa Fic : s

    E por ultimo, depois que essa fic Love Can Happen terminar eu vou postar a segunda mais votada, acho que é a Fear of Love seilá.. kkkk' Okaays ?
            Ou se quizerem vocês escolhem denovo qual querem que eu poste : D

  Divulgando o Blog lindo da Bellinha :D

Jemi - Just In Love

  Entrem, Leiam e Acompanhem...

      Beijos da Clarinha *---*

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

2º Temporada, Capítulo 54 - Problemas Joe.. Problemas




  "Que hoje eu acredito que é mesmo pra valer.. 
                   ..Confesso, eu admito que me importo com você"  

(...)

Selena: own, esse foi o casamento mais lindo em que eu já fui! - disse chegando perto de Miley, dando-lhe dois beijos ao rosto como se estivesse comprimentando-a - Parambéns Miley, foi lindo !
Miley: Obrigada, Sel.  - ela disse retribuindo o abraço -
Demi: me deu vontade de casar sabiam ?  -ela comentou, e Joseph ergueu uma sobrancelha. Verdade?
Nick: problemas, Joe. Problemas! - disse Nick, ao irmão que estara sem reação até agora. Mais que logo sorriu pensando em algo. Demi logo que viu -
Demi: no que está pensando, heim Joe ? - perguntou estalando os dedos na frente dos seus olhos, que piscaram freneticamente -
Joe: podemos nos casar agora mesmo, quando você quizer. Do jeito que você quizer, com o que você quizer. É só falar! - ele disse, envolvendo seus braços em volta da cintura de Demetria puxando-a para um beijo que foi interrompido pela voz de Selena que repreendia Nick -
Selena: consegue ver como Joe é fofo com a Demi ? Porque você não é assim Nick - choramingou fazendo bico, Demi se virou olhando a birra que a irmã fazia. Ela ria enquanto dizia ..
Demi: que Joe é perfeito disso todos nós já sabiamos, e que ele é um fofo também e que eu o amo.. é fato! - ela disse. E agora sim Miley, que estava em silêncio se manifestou -
Miley: e ele nem vai se gabar por isso, não é ? - ela revirou se levantou - beijo beijo, negos vou procurar meu maridinho - ela mandou beijos pro ar e logo saiu.-
Joe: não, eu sei que não sou tudo isso - disse, humilde e Demi lhe entregou um selinho saboroso novamente interrompido por Selena -
Selena: vamo parar com isso ai.. que nojo ! - ela fez uma cara, nada agradável -
Joe: e você e Nick nem se beijam, né ? - irônizou e Demi riu, afastando seu rosto do de Joe com cuidado -
Nick: não em publico.. Quer saber, vem vamos sair daqui Sel - convidou Selena para que saissem, e Demi e logo pode sentir duas pessoas pulando em seu colo. Eram Mitchie e Shane provavelmente ofegantes de tanto correrem pelo salão. Vendo todo aquele cansaço dos filhos Demi não pensou antesde repreende-los -
Demi: bonito não Shane e Mitchie ? Ficam correndo por ai e olha como ficam ofegantes depois.. - disse ajeitando as duas crianças no colo. (ela já tinha conversado com a Mitchie, e ela acreditou. Pelo menos foi o que disse --')  Colocara uma em cada perna e sabendo o quão pesado já estava Joe puxou a filha para o colo -
Joe: deixa que as crianças brinquem Demi, elas são crianças! - defendeu-as. E tinha mesmo que ter muita corajem, Demi o olhou com uma cara.. -
Demi: Joe, se elas continuarem correndo e comendo doces desse jeito, vão passar mal depois! - disse tendo quase certeza do que estava falando, as crianças já soavam frio de tanto correr e comer doces. Mais como se soubesse de absolutamente tudo Joseph garantiu -
Joe: eu sou médico, cuido delas depois. Podem ir brincar crianças - ele garantiu, e as crianças sairam correndo outra vez indo em direção ao jardim da casa de Miley que também já não estava mais a mesa fazia tempos. Demi a procurou com os olhos, e a encontrou despedindo-se de seus pais que já deviam estar indo devolta ao Tenessee, onde moravam. Por alguma razão, nem os pais de Miley nem os dela ficavam por muito tempo na cidade. Apenas Denise e Paul mesmo que decidiram se mudar para lá de vez. -
Demi: estou avisando, conheço meus filhos. Depois você vai ver só como eu disse - ela resmungou novamente, estressada -
Joe: e eu também os conheço.. - ele respondeu calmo, ela fez uma cara feia e se levantou da mesa. Deixando Joe lá rindo sozinho -

(...)

 Os noivos abacaram de partir paraa Lua-de-mel, passariam 21 dias em 3 cidades diferentes; Paris, Verona e Las Vegas. A primeira seria Paris, passariam uma semana por lá, e logo depois fariam a mesma coisa com as outras duas cidades. Podia-se dizer que no momento não existia noivos mais felizes que os dois, estavam mais que radiantes.  Ainda no jardim da casa de Miley a festa acontecia, mais não como antes. Ali só estavam os mais proximos amigos, e novamente os funcionários que arrumavam a festa para quando terminasse estivesse tudo em ordem.

Selena: tem certezaque já vão ? - insistiu Selena seguindo a irmã, que andava as pressas com duas crianças presas em seus braços, as duas dormiam calminhas -
Tiffany: Os noivos acabaram de ir mas a festa continua, por que ir agora ? - ela também insistiu, a festa estava ótima uma musica animada tocava e contagiava a todos menos Demi -
Demi: porque já estou cansada, e meus pequenos também. Curtam a festa vocês eu vou indo, beijo - ela disse se despedindo das duas que abriram a boca para protestar mais desistiram, e elas tinham de entender.. Quando Demi já estava prestes a abrir a porta do carro, ouviu a voz fina de Selena chama-la. -
Selena: Demi, e o Joe? - ela gritou,mesmo assim parecia baixo pelo barulho da musica tocada -
Demi: não consegui encontra-lo, vou na frente assim mesmo ! - disse por fim, entrando no carro e dando a partida.  Chegou em casa em menos de 15 minutos dirigira rápido, até porque estava com um pouco de medo de andar pelas ruas sozinha. Já estava um tanto tarde, a rua já estava deserta. -

 Quando desceu do carro, foi recebida por um vento forte que fez seu vetido e cabelos voarem. Ela, mais que depressa tirou seus filhos do carro e entrou em casa ainda sim acompanhada pelos ventos. Não fez nada além de dar um banho em Mitchie e Shane e se dar um, logo depois deixou que seu corpo caisse sobre a cama. Exausto.          No outro dia, ela acordou bem tarde quando já estava sol. Não tanto mais o céu brilhava, como hábito suas mãos correram a cama a procura do corpo de Joe.  Pro seu espanto ele estava lá, adormecido. Como ele chegara e ela não viu, ela se perguntava mais não seu a minima para isso. Somente pegou seu hobby aos pés da cama e quando ia levantar foi agarrada por braços fortes. Joe - ela pensou.

Joe: onde pensa que vai?  - ele disse, enchendo-a de beijinhos pela face ela por sua vez, apenas riu -
Demi: preparar o seu café, sabia que hoje tem pacientes a sua espera? - ela avisou, aconchegando-se ao peito dele, pousando sua cabeça. Foi um convite para receber carinho ali o feito por Joe -
Joe: aah não, eu quero ficar o dia todo com você! - ele disse, lhe fazendo carinho, Demi quase cedeu.. quase -
Demi: não, não, não! Eu vou tomar banho e quando eu voltar quero você de pé.. - ameaçou, soltando-se dos braços de Joseph -

   Ela seguiu até o closet, e em seguida até o banheiro. Lá tomando banho, e saiu de lá vestindo um short's jeans, uma blusa azul com um grande colete preto que vinha até a altura da barra dos short's. Resumindo ela estava linda. Por sorte quando voltou ao quarto Joseph já não estava lá. Ela desceu até o andar de baixo, e olhem eles já estavam lá. Todos e Joe já estava arrumado.. bem rápido

 Continua ;*

  Minhas neegas, como estão ? Oh, i'm fine thanks : D  Meninas, quero muitos coments porque esses são os ultimos capítulos, e como vocês pediram vou começar a postar a nova fanfic vencedora que é Love Can Happen \o/ Começo a posta-la assim que eu terminar essa que talvez eu acabe essa semana eeeba õ/  Comentem muuito
    Well, beijo beijo amoras *--*

Muitos Selos..

  OMG, meninas vim repassar uns 13143453467534 selos que eu recebi e ainda uns atrazadinhos que eu esqueci de repassar.. culpa da preguiça : / Mais tudo bem née.. lá vai

  Esses quem me repassou foi a Luisa, minha Sweetie do Blog Jemi Forever 





 Esse quem me repassou foi a dona do Blog  Letter of Love

        
 E finalmente, esses quem me repassou foi a diva da Vanessa Victória do Blog Jemi - Laços Eternos 






































              Repassando todos os Selos para os Blogs:

Jemi - In Real Life
Jemi - That Should Be Me
Demi em busca de sua personalidade 
Jemi - Belive in me 
Jemi Nelena e Liley Forever
Nelena e Jemi: Stop and Erase
O som do coração 
História Jemi - O amos ás vezes surpreende
Jemi Love Forever Love
Inevitável 

        Beijo Beijo *-* 

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Escolham a Nova Fanfic ..

  Bom minhas lindocas kkk' eu disse que tinha 3 Fanfics aqui pra postar, não foi ? Tá agora eu tenho mais uma u.u e, eu também disse que vocês iam escolher qual delas eu devia postar ou se eu devia repostar aquela Jemi - Hate and Love you (eu nunca me lembro do nome, acho que é esse) então, escolham pela sinopse :

  Everything You're Not

- Ela se odiava. Ela não acreditava em absolutamente nada, alguns diziam que tinha o coração gelado. Ela não pensava que alguém poderia ama-la, pensava que isso era impossivel. Mais estava enganada, ele era doce e alegre..a amava. A amava com tudo o que podia com toda a força. Seu grande desafio agora seria faze-la acreditar no amor..


 Fear of Love

- Um casamento de 7 anos que tinha tudo para dar certo, acabado por um motivo espúpido. Depois de anos sem vê-lo, ele reaparece. Tornando sua vida um caos outra vez, os sentimentos voltam com mais  força que nunca antes. O medo de amar novamente é despertado, oque ela vai fazer apartir de agora ?

The Love Can Happen

- Os dois moravam no mesmo prédio, e trabalhavam por pouco no mesmo lugar se não tivesem profissões diferentes. Ela o odeia, ele a odeia.. e resumindo: se odiavam. Saira de tanto ódio um amor ? Disso nenhum dos dois imaginavam e nem imaginam. Mais.. o amor pode acontecer

That Should Be Me


- Ela amava, mais ele amava sua irmã. Os dois namoravam e construiram uma familia apenas os dois até que mais alguém chegou, e ela ?  Como ficaria sem a pessoa que mais ama mesmo que sua irmã não houvesse nada a ver com esse amor inexplicavél ? Ela se culpava por ser incapaz de conquistá-lo, seria isso verdade ?

 E bom, por fim temos a Hate and Love you..

Demi, esse era o nome da filha da familia mais rica de Los Angeles, a familia Lovato. Mais isso ninguém sabia, na escola todos achavam que Demi era pobre, quando ela é simplesmente o contrário de pobre, a única pessoa sem ser da família Lovato, que sabe que Demi e sua família são bilhonarios é Selena, melhor amiga de Demi. A família Lovato, era dona de uma enorme gravadora. Demi tinha uma irmã, que tinha apenas 7 anos, e morava com seus pai, Patrick e Dianna Lovato. Sua irmã se chamava Maddie, e era uma linda menina, Demi era a mais linda da família Lovato, com seus cabelos de um tom bem preto, olhos castanhos, e pele branca como a neve. O motivo de Demi não querer que ninguém saiba da existência de seu dinheiro, e que ela não quer que as pessoas sejam suas amigas por apenas interesse, mais Demi viu que Selena não era asssim e lhe contou...


> Grande a sinopse né ? o.O kkk' <   Mais enfim, escolham a melhor e lembrando que dessa ultima os primeiros capitulos não são meus, e sim eu mudei o nome das Fics porque pensei melhor..

                       Well, beijo beijo minhas amoras *-*

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

2 º Temporada, Capítulo 53 - Felicidades!





 " Eu não me importo se, você quiser sorrir e  me falar que eu sou tudo pra você. Me diz o que eu sempre quis ouvir.." 


 Mais alguns dias depois...  O Casamento!

 Agora, em exatas 1 hora e meia aconteceria a cerimônia do casamento de Miley e Liam. Até que estavam tudo sob controle, a não ser o nervosismo incontrolável que ambos noivos sentiam, normal.  Todas as madrinhas já estavam prontas, e essas eram Selena, Tiffany, Ashley Tisdale e Demetria. Seus vestidos prateados eram também impecáveis nas fotos dariam contraste com a brancura do vestido de Miley, que também já estava quase pronta..

Demi: se não ficar quieta, nunca irá colocar esse vestido ! - disse enquanto tentava colocar o vestido em Miley, ajudaria se ela não se mechesse tanto.
Miley: estou nervosa, muito nervosa! - explicou, com uma cara que transmitia.. nervosismo (kkk' avá?)
Tiffany: isso foi o que todas nós percebemos - ela gargalhou alto, tirando um pequeno espelho de dentro da bolsa -
Ashley: já pensou se Liam não aceitar ? - ela riu -
Miley: Ai meu Deus! - ela se assustou,pensando no 'não' que talvez poderia receber - será que ele faria isso comigo ?
Demi: isso o que ? - ela questionou
Miley: me abandonar no altar. Se ele fizesse isso eu iria morar com você Demi..
Demi: comigo ? - sua cara era de espanto, todas ali riram -
Selena: uma coisa: Não, ele nunca faria isso. Se não quizesse casar com você ele diria antes.. - começou dizendo isso, Tiffany a olhou com uma cara feia como se disse-se 'o que disse a ela?' -
Miley: Obrigada, Selena. Ajudou muito! - disse, sarcástica. Foi isso o bastante para que Selena se gabasse -
Selena: de nada u.u - ela sorriu -
Demi: pronto! -ela puxou o feicho do vestido de Miley, fechando-o - Você está linda, Miles - ela sorriu -
Tiffany: está quase na hora, que horas Nick vem nos buscar Demi ? - ela perguntou, vendo que o relógio marcava quase sete horas, a cerimônia aconteceria as sete e meia -
Demi: daqui a alguns minutos, não se preocupem. - ela disse.

  Não demorou muito para que ouvissem um buzina aguda vindo do lado de fora. Selena enclinou-se contra a janela e conseguiu ver dois carros parados logo ai. Um era um lindo Pálio cinsa brilhante. Logo deduziu que seria o carro de Nick, e o outro carro era uma Limousine preta, tal esta transportaria Miley até a igreja que ficava vinte ou trinta minutos depois dali ..

(...)

Liam: ela não quer mais se casar, é isso ! - disse, quando deu de conta que sua noiva estara atrazada, para ele -
Joe: você já devia saber que as noivas se atrazam, ainda mais quando se tratam de estilistas malucas por Glitter, Lojas e Rosa.. - ele concluiu enquando ria baixinho, se não fosse ele falando a igreja estava um incrivel silêncio quase sufocante -
Liam: mais e se... - Liam foi cortado por Joseph que quase sem paciência disse.. -
Joe: calminha, ela vai chegar!

(...)

Padre: Liam Hemsworth, você aceita Miley Ray Cyrus como sua legitíma esposa.  Prometendo ama-la e respeita-la na alegria e na tristeza, saude e na doença, na riqueza e na probreza. Por todos os dias de sua vida até que a morte os separe ? - perguntou o padre, olhando os dois que se fitavam com um olhar apaixonado_

 A mãe de Miley, Trish que estava ali presente logo ao lado deixou uma lágrima escorrer. Assim como Selena, Demi Tiffany e Ashley Tisdale que já soluçavam enquanto ouviam os votos de matrimônio e as promessas de amor feitas por Liam . Só o que fez com que Todas elas sentissem cada vez mais vontade de ter um marido, construir uma familía por mais que a familia de Demetria já estivesse formada ela queria que fosse oficial. Ela queria uma aliaça dourada em seu dedo com o nome de Joseph guardado em seu interior poder chegar em casa vestida de noiva e ser carregada até o quarto nos braços dele. Um sonho tão lindo que ela sentia que logo logo se realizaria. Talvez sim, talvez não.

 Demetria e Joseph sorriram radiantes enquanto viam seus filhos atravessarem a igreja, carregando as alianças. Estavam tão lindos com aquelas roupinhas, Mitchie nem se achava uma adolescente com aquele vestidinho lilás bem clarinho. Shane estava um garotão, novamente incrivelmente parecido com Joe. Demetria não se conteve e sussurrou em seu ouvido um 'se parece com você' divertido. Joseph riu e apertou sua mão, vendo que Selena e Nick os fitavam. Mais uma vez os sussurros de Demetria foram altos..


Liam: com toda certeza sim - ele respondeu ao padre e logo em seguida encaixou a aliança no dedo se sua noiva, que agora era sua Mulher -
Padre: e você Miley Ray Cyrus, aceita Liam Hemsworth como seu legitímo esposo. Prometendo ama-lo e respeita-lo na alegria na tristeza, saude e na doença, na riqueza e na probreza. Por todos os dias de sua vida até que a morte os separe ? -fez a mesma pergunta a Miley, que não hesitou sorrir quando respondeu o que todos não se surpreenderam quando ouviram .. -
Miley: mais é claro, que sim! - gritou, agitada. O padre revirou os olhos e deu uma leve risada da animação da noiva -
Padre: então, pelo poder consedido a mim. Eu os declaro marido e mulher. - ele deu uma pequena pausa - Liam, pode beijar a noiva - consedeu em fim, encerrando a cerimônia. Os recém-casados trocaram um beijo doce e apaixonado. Longe do que fariam depois, quando restassem apenas eles.


(...)

Continua ;*

Ooooh minhas amoras, como estão heim ? Pois é, Acabou minha Greve Idiota com a Andy.  Faz tempo que não paro pra conversar com vocês, que saudades kkkk'.  Mais então, é uma perguntinha que tá mais pra aviso.

  Eu tenho 3 opções de Fanfics para que eu poste aqui no Blog assim que acabar essa e já que eu tô morrendo de vontade de acabar logo com essa eu já vi as proximas.. Elas são:  'That Should be me', 'Fallen', ' One Story, One Love, One Hate' mais eu vi aqui no blog, que eu ia terminar de escrever aquela outra Fic acho que Jemi - Love our Hate  (eu nunca me lembro do nome)  por isso, depois eu vou colocar um post com as sinopses das Fafics e vou deixar que vocês façam uma votação ook ?  Lembrando que, em nenhuma dessas fanfics eu tenho mais que dois capítulos escritos, caso vocês escolham outra.

   So, é só isso amoras s2
      -  Beijos e Amo vocês *--*